-->

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Cores pra que te quero.

As cores exercem influência sobre os nossos dias, desde o momento em que levantamos. As vezes nos deparamos com um dia preto e branco. Em outros com dias alegremente coloridos.

Os dias coloridos tendem a ser mais felizes. São os dias ensolarados que permitem que a beleza natural das coisas possam se exibir, deixando transparecer o que é belo, graças à luz natural do dia. A luz é fundamental para se ver o que é belo. E nesses dias parece que há abundância de energias felizes. Os campos energéticos fluem melhor.

No entanto, é fundamental saber colorir com os nossos próprios olhos os dias preto e branco. Todas as cores estão dentro de nós mesmos e as vezes é preciso usar desta nossa cartela interior de cores para colorirmos o que apresenta ausência dela. São as cores interiores e latentes dentro de cada um que acabam por influenciar na escolha dos tons que usaremos no nosso dia a dia.

Para o que falta equilibrio e tranquilidade, nada melhor que o verde para prencher tal ausência. A cor é perfeita para harmonizar as emoções corpo e mente, para trazer equilibrio.

O amarelo colore os dias cansativos justamente pelo fato de transmitir entusiasmo. É uma cor que chama a atenção e é permitida em ambientes mais formais e intelectuais. No trabalho, por exemplo.

O laranja é sinônimo de energia, animação e transformação, o que espanta o estresse. Pode colorir dias depressivos, afinal todo mundo têm seus dias de deprê. Se estiver meio para baixo, insista em alguma peça ou acessório laranja. Além de revitalizante e antidepressiva, a cor traz um pouco do elemento da paixão do vermelho para o seu dia a dia.

O vermelho é a maior representatividade e expressão das fortes emoções, do amor e da paixão. Use roupas vermelhas quando quiser passar a idéia de que está confiante e quer assumir o controle da situação.

O azul está relacionado ao relaxamento, tranquilidade e estabilidade. A cor é discreta e ideal para usar em festas e reuniões com amigos. É como se fosse a cor que antecedesse ao branco, numa cartela de cores que transmite paz.

O branco é equílibrio, a paz espiritual, mais está muito ligado à espontaneidade e maturidade. De branco você é 8 ou 80. Dependendo pode passar totalmente despercebido, mas sabendo conjugar com alguns elementos você consegue um resultado sereno, relaxante e de visibilidade.

Por fim, o preto. A cor é misteriosa ao mesmo tempo que passa idéia de seriedade. É chique, claro! Mas, fuja de looks inteiros preto se já está triste ou mal-humorada(o), assim piora. 

Com o nome - AS CORES - o Shopping Pátio Savassi, apresentou seu desfile de moda para o verão 2012-13. O desfile não tinha um estilista próprio. O Shopping apresentou looks das várias grifes que integram o quadro de lojistas do Pátio Savassi. Sem um estilista para reger a concepçãp do que seria apresentado, a direção do Shopping convidou o artista plástico Fernando Pacheco, para ser a fonte de inspiração para o que seria apresentado - identidade visual. 

Convite desfile - AS CORES - Pátio Savassi

As obras do pintor são todas com temas e cores fortes. Todos os personagens pintados por Fernando Pacheco apresentam olhos bem marcados ao contrário da boca, que não tem tanta visibilidade. O cabelo também nao tem muito destaque em suas obras. A fim de transcender a pintura do artista para a beleza na passarela, definiu-se que os olhos das modelos teriam o côncavo bem marcado, colorido, e as bocas sem batom,assim como nos quadros. Para o cabelo, penteado partido ao lado, molhado, com risca bem demarcada e preso em coque. Ficou um luxo! Toda beleza feita pela equipe LM Studio.



Luiz Martins do LM Studio, responsável pela produção de beleza do desfile e o artista plástico Fernando Pacheco.
Fernando Pacheco, Observadores de Nuvens, 2004.
A produção de moda do desfile ficou por conta da consultora de estilo do próprio Pátio Savassi, Aline Meni, que arrasou na composição dos looks e levou para a passarela todo o colorido do artista plástico Fernando Pacheco.
 
Composto por 25 looks femininos, 16 masculinos e 11 infantis, a consultora de moda dividiu o desfile em blocos monocromáticos. Primeiro veio o verde, seguido do amarelo, laranja, vermelho, azul, lilás e o branco. As cores eram tão nitidas e iam se desfazendo através da sobreposição de tons sobre tons, que os espectadores percebiam claramente o sumir de um tom, para dar lugar ao próximo bloco de cores que ganharia destaque na passarela. E o verão 2012/2013 vai ser assim. Com cores, do neon aos tons pastel.



De terça-feira passada, ate quarta-feira (03/10/2012), aconteceu em Paris a Semana de Moda Prêt-à-Porter. A Daniela Falcão, editora chefe da Vogue Brasil, postou no Instagram imagens dos desfiles que o trânsito parisiense possibilitou que ela assistisse. Teve vezes que o congestionamento na capital francesa fez com que ela perdesse desfiles imperdíveis. A partir das imagens postadas, percebe-se semelhanças na composição dos looks do desfile - AS CORES - do Pátio Savassi e nas fotos postadas pela editora da Vogue Brasil na Semana de Moda de Paris.

Stella McCartney - verão 2013 Paris.
Look total verde - verão 2012/13 - Pátio Savassi
John Galliano - blocos monocromáticos AZUL - verão 2013 Paris
Sobreposição de cores. Tom sobre tom. DIOR - verão 2013 Paris.

A Semana de Moda de Paris apresentou o que vai ser moda ainda no verão 2013 do continente europeu. No Pátio Savassi desfilou-se o que é moda para o nosso próximo verão, que começa ainda este ano - 2012.

A internet e consequentemente a velocidade nos processos de troca de informação, extinguiu com aquele conceito de que tudo chega primeiro ao velho Mundo. Hoje as tendências tornaram-se processo de moda. É moda o que ganha visibilidade e cai no gosto comum. O processo de moda torna-se ainda mais complexo a partir do momento que se engloba beleza, comportamento e estilo ao invés do foco persistente no vestuário. Moda deixa de ser sinônimo de roupa e engloba um conjunto de fatores e processos que geram referência para determinados grupos de identificação.



A Pantone, autoridade mundial em cores, determinou o tom laranja, mais especificamente a cor ''tangerine tango'' como a cor do ano de 2012, justamente pelo fato de que o laranja foi o tom que esteve mais presente nas coleções de moda, para as estações outono-inverno e primavera-verão do ano de 2012. A cor para o próximo ano, 2013, continua guardada a sete chaves. Nossas apostas são para o ''verde''. Enquanto o mistério não é desvendado, defina a sua cor, colora os dias preto e branco e seja feliz!

''E se olharmos o mundo com o que temos guardado em nós e ele não ficar colorido... Bem, é chegado, então, a hora de colorirmos o nosso interior''. (Waleska Zibetti)

#Feliz verão!






Um comentário: